segunda-feira, 23 de junho de 2008

Biblioteca Pública


Um vicio meu.

Descobri 3 modalidades de desenho de observação na Biblioteca:

1 é tentar desenhar todo mundo na biblioteca assim que eu sento, é ótimo pra pegar velocidade.
2 é chegar e escolher a pessoa mais interessante, exotica do lugar e esboça-la loucamente, exercita a observação.
E o 3 que é o que eu mais gosto, é já ir pra lá com algo definido (por ex: "hoje só vou desenhar homens de meia idade") pq exercita a paciencia. Como caçar.
Tem o fato de ser descoberto, as pessoas tendem a te dar sinais negativos quando se descobrem sendo desenhadas.

Antes eu entregava os desenhos, hoje não. Já deu até confusão.

Esse é um esboço só de modelos masculinos, precisava de rostos pra desenhar o Charles Bronson's Club. Tem umas anotações no meio, coisa que aprendi com ma professora, sobre registrar tudo que passa pela cabeça enquanto trabalha.

Abraço! E sigam brincando de Deus!

7 comentários:

Anônimo disse...

Esse eu já comentei, repetindo, gostei muito do Barak Obama ali embaixo. =P
Muito bom gafanha!

Tiarles

RaPoSa7 disse...

to loka de vontade de fazer isso um dia!

bem q podiamos tirar uma tarde, naum eh gente?

XDD

mas eu gostei muito desse estudo. Super criativo^^

RaPoSa7 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Josemi disse...

Boa idéia aew!...

zuia disse...

bárbara a idéia, nunca tive saco de fazer isso...
ficaram lindos os desenhos com esse "rabiscado" XD

Bruno "Jesus" disse...

Bah, muito massa essas técnicas.
Eu adoro desenhar parado na rodoviária de POA. É tanta gente apressada que ninguém dá bola se a gente tá olhando ou não.
Mas eu nunca tinha estabelecido "metas" como essas.
Vou começar a aplicar elas já.

Esserean disse...

Já desenhei muito em biblioteca, em ônibus, em consultório de dentista... :D
Quase sempre entregava os desenhos, e até agora nunca tive problemas. As pessoas ficavam meio desconfiadas, mas logo abriam um sorriso e gostavam muito dos desenhos.
Nunca pensei nestas "metas", também achei interessante. :)